Cuidado, os ladrões estão à solta!

O filme que você tanto esperava finalmente entrou em cartaz e você se prepara para ir assisti-lo. No caminho do cinema vários imprevistos acontecem para lhe tirar o foco de chegar ao seu destino: chuva, engarrafamento, etc. Você então toma uma decisão, volta para casa e pelo menos por enquanto você não cumpre seu objetivo e se sente frustrado.

Eu utilizei este exemplo para ilustrar como fatores externos podem comprometer suas ações rumo ao que você almeja e com suas metas pessoais e profissionais não é diferente.

Eu tenho conversado com algumas pessoas sobre estabelecimento de metas e suas dificuldades em alcançá-las. O que elas mais reclamam é a falta de foco, que qualquer coisinha é o suficiente para tirá-las do trilho e que isso acaba as desestimulando.

Eu costumo dizer que os fatores externos que lhe tiram do trilho são os “ladrões de foco” e muitos deles acontecem porque você dá poder aos mesmos, você permite com que eles nasçam e cresçam dentro de você a ponto de deixá-lo cego e não enxergar mais o que você “supostamente” desejava tanto.

É claro que em alguns casos estes “ladrões de foco” são fatores que você precisa parar para dar uma atenção, como um caso de doença, porém há muitos que se você quiser você o tira de sua vida bem rapidamente. Abaixo eu cito alguns:

  1. Redes sociais. Você tem o hábito de minuto a minuto ficar checando se alguém lhe chamou no Whatsapp, Messenger, ou se alguém postou algo no facebook, instagram, etc? Então este ladrão está devorando minutos preciosos de seu dia chamando sua atenção para que você desvie seu foco;
  2. Televisão. Deixar de fazer algo por conta de algumas horas na frente da TV é um hábito seu? Permita-me dizer que este ladrão pode estar lhe consumindo ao extremo e você nem perceba.
  3. Conversas longas ao telefone. Sabe aquele(a) amigo(a) que você não fala há um tempão que resolve te ligar e você não tem coragem de dizer que está ocupado? Pois é, ele(a) também caracteriza-se como um ladrão de foco;
  4. Falta de agenda. Como você planeja seu dia? Você já sabe o que terá que fazer durante o dia de hoje e amanhã também? Se não sabe, você provavelmente não saberá o que será prioritário para fazer e então ficará à mercê do acaso como um barco à deriva;
  5. Resolver problemas dos outros. Deixar seu afazeres para resolver os dos outros é algo que lhe tira parcialmente ou completamente do foco, pois você definitivamente deixa de fazer o que é importante para você para resolver o que é importante para outra pessoa. É você se deixar em segundo plano.

banner-do-site amandio junior ebook construindo resultados

Eu comecei minha carreira de educador aos 17 anos e precisei aprender imediatamente como respeitar os objetivos que eu traçava fazendo o possível para não perder o foco. Uma das primeiras barreiras que encontrei foi a idade e a ânsia de poder conquistar o mundo, pois ainda era muito jovem. Foi quando eu olhei para meu passado recente e descobri que poderia fazer e ser melhor a cada dia.

Para me tornar um professor de Inglês eu precisei passar por um curso completo, que na época era de 5 anos no mínimo (não havia cursos intensivos como hoje em dia), porém eu consegui terminá-lo em 3 anos, eu explico. Os níveis eram semestrais, portanto dois por ano totalizando dez. Acontece que eu me propus a passar por aulas extras e avaliações com o objetivo de encurtar caminho, além disso, fiz alguns cursos de férias também. Ou seja, com a mesma eficácia eu encurtei meu curso em dois anos me tornando fluente em bem mais rápido.

Você sabe o que tinha por detrás de todo este movimento? Determinação, força de vontade e principalmente muito foco. Eu deixei de viajar de férias com os amigos algumas vezes para ficar na cidade estudando, mas isso valeu muito à pena. Tudo bem que os ladrões de foco da época eram outros, mas roubavam muito também, se as pessoas deixassem.

Se você está passando por uma fase em que não consegue cumprir uma meta, analise os ladroes de foco. Entenda que não estou aqui dizendo que você deve deixar de conversar ao telefone ou de assistir TV. O que estou enfatizando é que estes e outros “ladrões de foco” tendem a entrar na sua vida em momentos errados, contudo você é quem permite estas entradas. Portanto, cuidado! Estabeleça horários certos para fazer coisas que não lhe deixem depois com o sentimento de perda de tempo e energia.

Quer saber mais sobre os “ladrões de foco”? Assiste a minha aula online que eu gravei para aprofundar mais este assunto.

Para assistir a aula basta clicar nesse link: QUERO ASSISTIR A AULA!

Você tem razões para estabelecer metas?

Você já decidiu alguma vez na que iria fazer algo que provavelmente mudaria sua vida de alguma maneira? Pensou, analisou e no final das contas nada aconteceu do jeito como você gostaria? Talvez isso tenha acontecido com você até mais do que uma vez, certo? E como você se sentiu? Você já parou para pensar qual a razão ou as razões de não ter acontecido como o combinado?

Todos os dias amanhecemos com uma perspectiva de que a vida precisa ser melhor mesmo quando está indo tudo bem, é uma necessidade do ser humano de querer sempre ser o melhor profissional, o melhor marido ou esposa, filho ou filha, ter o melhor carro, a melhor casa ou as melhores roupas. Todavia o que queremos são apenas desejos que muitas vezes não se materializam por não sairmos do papel, da teoria.

Além disso, saímos como os maiores prejudicados quando decidimos fazer algo e não chegamos ao final, fica um sentimento de impotência muito grande e acabamos perdendo as forças momentaneamente para tentarmos novamente o mesmo objetivo ou partir para um desafio diferente.

Mas qual a razão de não colocarmos em prática o que desejamos, já que o ser humano anseia tanto por mudança para melhor? Eu acredito que há 5 razões básicas para que as pessoas não levem adiante seus sonhos são:

  1. Dá trabalho. Sair da zona de conforto e almejar algo a mais é um movimento que requer muito esforço de quem se propõe a querer algo diferente na vida e nem toda vez as pessoas estão dispostas a pagar o preço;
  2. Sentimento de incapacidade. Muitas pessoas não seguem adiante em suas metas porque não acreditam em si, estão cheias de crenças limitantes que a bloqueiam constantemente;
  3. Falta de foco. Quando você não tem algo bem definido no seu coração qualquer ruído externo vai desviar sua atenção.
  4. Não querer mudar. A zona de conforto funciona aqui como um imã segurando as pessoas para não saírem do lugar, contudo a grande verdade é que elas não querem mudança.
  5. Desorganização. Planejamento não combina com desorganização, se você quer ter êxito em suas metas organize-se primeiro.

Uma das ferramentas mais usadas em uma sessão de Coaching é a roda da vida, com ela você pode pontuar vários aspectos da sua vida de 0 a 10 para poder perceber onde você precisa melhorar, se quiser é claro.

Em um determinado momento da minha vida eu apliquei a roda da vida em mim mesmo e percebi que minha vida espiritual precisava ser regenerada, pois a nota tinha sido 2. Aquilo me incomodou muito porque em outros aspectos como profissão, por exemplo, estava muito bem, porém o lado espiritual estava deixando a desejar.

A primeira decisão que tomei foi restaurar minha vida com Deus através de uma aproximação mais intensa. Eu tracei um planejamento aliado a uma dificuldade muito grande que estava passando no momento e hoje posso dizer que estou muito mais perto de Deus e me sinto muito feliz por isso.

banner-do-site amandio junior ebook construindo resultados

Depois de ter feito a roda da vida, refleti sobre todos os aspectos que estavam abaixo de 5. O próximo passo foi ranqueá-los em ordem de prioridade e urgência. O passo seguinte foi saber se o aspecto vencedor no ranking era realmente relevante para que eu começasse primeiramente por ele.

Após ter a certeza na mente e principalmente no coração que aquele aspecto precisava ser trabalhado por primeiro, até para ter um bom andamento nos demais, partir para o planejamento de um passo por vez ficou mais tranquilo, pois eu já sabia exatamente o que eu queria.

Eu acredito que o maior motivador para o estabelecimento de metas é ter a certeza de que a mesma bate forte no seu coração e tem muita relevância para você. Quando você tem a certeza disso poso lhe garantir que quase 50% de sua meta tem uma probabilidade muito grande de ser atingida, os outros 50% virão da força de seu planejamento e de sua determinação.

Assista a uma aula online que eu gravei para aprofundar mais este assunto. Clique no link e aproveite. Um grande abraço!

Para assistir a aula basta clicar nesse link: QUERO ASSISTIR A AULA!

Estabelecimento de metas – O que X o como

Veja se você se deparou com a seguinte situação: o ano está acabando, você começa a perceber que nele você já não vai conseguir muitas coisas em relação ao que tinha planejado, então o que você diz para sim mesmo? “Ano que vem será diferente, pois será o ano em que eu farei A, B, C, D…” e se possível todo o alfabeto.

Quantas coisas você planejou de um ano para o outro e conseguiu realizar? Você já parou para analisar isso? E das que você não conseguiu quais as razões para o insucesso? Você não sabia o que queria ou não soube como alcançá-las?

Acredite, mas na maioria das vezes o como fazer prevalece sobre o que fazer. As pessoas até sabem o que querem, porém não chegam até seus objetivos finais por não saberem como. Saber estabelecer critérios que lhe levarão a dar um passo de cada vez é fundamental para o êxito de sua meta, criando estratégias sólidas para que, se for necessário, ter que mudar algo você irá conseguir, pois possui as ferramentas adequadas.

Então qual é a razão de se planejar o que e negligenciar o como? Porque o como requer planejamento e planejar dá trabalho, então se pensa logo no final da história se esquecendo do inicio e do meio. Outra causa é o imediatismo, o querer logo sem a devida preparação.

Hoje em dia planejar o que quero tornou-se um hábito na minha profissão, não tenho agir de maneira diferente. Este fato ficou muito forte pra mim quando eu saí do ensino de língua estrangeira para a educação empreendedora.

Ao decidir que queria trabalhar com consultoria, treinamentos e palestras voltados para a gestão de pessoas eu fiz um planejamento de 5 anos para poder começar minha carreira solo, já que era gerente de uma instituição de ensino na minha cidade.

banner-do-site amandio junior ebook construindo resultados

Você pode estar querendo me perguntar o que eu fiz para chegar ao final da meta com êxito, apesar de ter tido vários incidentes no meio do caminho que me fizeram mudar de estratégia em prol do que eu queria. O que eu fiz segue abaixo:

1. Estabeleci o que eu queria de maneira bem específica. Eu desejava promover capacitação na área de gestão de pessoas;

2. Busquei os recursos que tinha e os que iria precisar, por exemplo, busquei no mercado uma faculdade onde eu pudesse fazer uma pós, cursos e treinamentos presenciais e online, pessoas que me pudessem mentoriar sobre o que seria melhor para eu seguir como livros, filmes, revistas, etc.

3. Fiz um planejamento de estudos. Eu trabalhava no mercado formal de carteira assinada, então precisava encontrar tempo para minhas capacitações, dedicando uma quantidade de horas semanais para que pudesse aprender sobre meu propósito;

4. Fechei meus ouvidos para algumas pessoas. É comum pessoas que não entendem nada do que você está fazendo dar palpites como se elas fossem experts no assunto. Eu as evitava, principalmente em falar sobre meu propósito;

5. Aproveitava as oportunidades. Toda vez que aparecia alguma oportunidade de fazer alguma palestra ou algo parecido lá estava eu. Além disso, eu procurava levar alguém fosse formador de opinião e que pudesse me dar feedback pontual para minha melhoria.

A sensação de chegar ao final com a meta estabelecida e cumprida foi magnifica, saber o que eu queria já ajudou muito, porém saber como eu iria alcançar meu propósito me deixava mais confiante e fortalecido para conquistar meu objetivo.

Portanto, se você deseja realmente alcançar resultados saiba o que quer, mas principalmente como chegar através de um planejamento bem feito com ferramentas embasadas em bases concretas.

Eu preparei uma aula online para aprofundar este tema, estabelecimento de metas, portanto assista e deixe seu comentário que terei o maior prazer em responder.

Para assistir a aula basta clicar nesse link: QUERO ASSISTIR A AULA!

O poder do Coaching em grupos

O processo de Coaching vem cada vez mais tomando força no Brasil, hoje em dia há muitas instituições que proporcionam formações diversas para que as pessoas ou passem a usar o Coaching como profissão ou para uso próprio.

O fato é que além de haver uma quantidade muito grande destas instituições no país, as pessoas que se formam começam a criar variações do processo e criar nomenclaturas que as colocam rótulos e assim os novos coaches passam a ser conhecidos e reconhecidos no mercado.

Para exemplificar o que estou tratando, as principais intitulações no mercado são: Coaching de emagrecimento, Coaching de relacionamento, Coaching espiritual, etc. Todavia, se você prestar atenção tanto emagrecimento, relacionamento e espiritualidade se referem à vida pessoal de cada um, portanto, estes três exemplos dizem respeito ao Coaching de vida.

Há uma grande necessidade do ser humano se apresentar diferente em qualquer ambiente, pois os que assim fazem começam a ser notados pelo público alvo a que se propõe a atender como experts no assunto. Esta é a principal razão das variações de nomenclatura do Coaching no mercado.

Na verdade, só há quatro variações do processo de Coaching: de vida (trabalha causas pessoais do indivíduo), executivo (trata da melhoria comportamental do profissional rumo à excelência), carreira (busca aprimorar o comportamento do profissional que quer ser promovido, mudar de profissão, entrar no mercado ou mesmo ser recolocado no mesmo) e liderança (trabalha comportamento com pessoas que queiram aprimorar suas habilidades para melhor gerir suas equipes). Se você reparar, as outras que existem no mercado vêm dessas quatro que acabei de citar.

Eu tenho trabalhado realizando sessões de Coaching com diversos tipos de pessoas com sonhos e desejos diferentes. Posso dizer com toda a certeza que todos eles, sem exceção foram tratados dentro das quatro variações que mencionei acima. Estas pessoas tinham e têm como maiores desafios sair do estado atual (algo que esteja incomodando) e passar para o estado desejado (o objetivo alcançado).

Como temos que inovar o tempo todo, pois se não for assim ficaremos para trás, comecei a pensar na possibilidade de ter vários clientes ao mesmo tempo em um espaço onde todos poderão ser atendidos dentro de um direcionamento através de ferramentas de Coaching, então surgiu o projeto Construindo Resultados em Grupos.

Contudo, quero enfatizar que Coaching em grupos não tem nada a ver com Coaching de equipes. Como falei antes, em grupos pessoas diferentes se reúnem em um mesmo espaço. Estas pessoas muito provavelmente vêm com desejos e sonhos diferentes, mas dispostos a seguir um plano de ação em prol de seus objetivos traçados. Por outro lado, o Coaching de equipes trabalha com colaboradores de empresas que desejam que todos sigam o mesmo rumo em prol do crescimento das mesmas.

banner-do-site amandio junior ebook construindo resultados

As ferramentas utilizadas no Coaching em grupo são de alto impacto, todas elas irão lhe levar à reflexão de maneira sensata, obedecendo a seus limites, fazendo com que você caminhe de maneira eficaz em direção ao seu objetivo.

O Coaching em grupo é ideal para pessoas que têm necessidade de estabelecer metas, até sabem o que querem, porém não sabem como alcançar seus objetivos. A metodologia utilizada leva à autorreflexão, não há prejulgamento algum no processo, você terá todo o direito de trabalhar a meta que desejar, pois afinal de contas você é o proprietário de seus sonhos.

Um dos maiores entraves que as pessoas encontram no estabelecimento de metas é o como chegar ao objetivo final, participando do programa Construindo Resultados em Grupos você poderá obter êxitos no que deseja em um ambiente agradável e propicio para o auto desenvolvimento.

São quatro sessões semanais de uma hora em meia de duração cada, o grupo conta com o mínimo de oito e o máximo de 12 pessoas para que haja alto padrão de qualidade.

Eu preparei uma aula online para lhe mostrar como o Coaching em grupo pode lhe beneficiar, portanto assista e se você tiver mais dúvidas se o programa serve para você ou não, entre em contato comigo. Na próxima quinta feira, dia 06/04 eu farei uma live no Facebook para falar mais deste programa sensacional, te aguardo lá. Um grande abraço!

Para assistir a aula basta clicar nesse link: QUERO ASSISTIR A AULA!