João (nome fictício) realiza o sonho que vinha buscando há muito tempo: finalmente ele consegue a tão desejada promoção.

Ele acabara de sair da sala de seu diretor com a notícia de que em uma semana assumirá o cargo de gerente de vendas deixando o de vendedor exercido por 5 anos.

No dia seguinte João é chamado novamente à sala de seu diretor para receber uma notícia que lhe fez tremer, em seu primeiro dia como gerente de vendas ele seria apresentado à sua equipe e comandaria sua primeira reunião.

Ao receber esta noticia, João começou a disparar um processo que é muito comum a ele quando tem que falar em público: pânico.

O pânico de falar em público é chamado tecnicamente de “GLOSSOFOBIA”, glosso – língua e fobia – medo ou temor e assim como o João, milhões de pessoas sofrem deste problema.

Não há ainda uma causa exata para a glossofobia, porém pode ser que traumas no passado possam ter provocado este medo, fazendo com que as pessoas que possuam este problema apresentem picos de ataques de pânico caracterizados por sudorese ou tremores, boca seca, náuseas e vômitos em casos extremos, rigidez nos músculos do pescoço e nas costas, voz tensa, fraca ou trêmula entre outras coisas.

Além dos possíveis traumas do passado, a baixa autoestima e o perfeccionismo podem também ser causas muito fortes da glossofobia.

Mas há cura para tal problema? A experiência de quem trabalha com educação há mais de 30 anos me ensinou que o autoconhecimento é o melhor remédio para pelo menos minimizar os problemas causados pela glossofobia. Todavia, eu listo abaixo algumas dicas que acredito serem muito importantes para você que deseja viver sem este trauma (caso tenha, é claro!)

  1. Tenha pleno domínio do assuntoQuanto mais você dominar o assunto que você irá falar, melhor. Estude-o profundamente, tire algum tempo para considerar possíveis questionamentos da plateia para poder construir seus argumentos.
  2. Elabore um roteiro de segurança – Planeje antecipadamente e cuidadosamente a sua apresentação, incluindo áudio ou ajudas visuais que você vai usar. Tais recursos lhe ajudarão a criar mais solidez ao que irá falar. Quanto mais organizado for, menos nervoso você ficará. Leve com você um pequeno cartão no bolso com os tópicos que irá falar. Se possível, tire tempo para visitar o local onde você estará falando e avaliar equipamentos disponíveis antes de sua apresentação.
  3. Ensaie antes da apresentação – É muito bom você ensaiar sua apresentação antes do dia D. Mostre-a para algumas pessoas com quem você se sente confortável. Peça-lhes para lhe dar feedback. Se achar necessário, grave com uma câmera de vídeo e se assista de modo que você possa enxergar oportunidades de melhoria.
  4. Respire fundo – A respiração ajuda a oxigenar o cérebro. Procure respirar profundamente e lentamente antes de começar sua apresentação.
  5. Concentre-se em seu material – Apesar de você estar se apresentando para contemplar sua plateia, é importante ter em mente que as pessoas não sabem o que você irá mostrar a elas. Portanto, se você se concentrar em seu material elas não perceberão o seu nervosismo e não percebendo irão gostar do que assistirão.
  6. Não tenha pressa de acabar – Se você perder o controle do que você está dizendo ou começar a se sentir nervoso e der branco, faça pequenas pausas. Isto demonstra que você está raciocinando em cima do que está dizendo e é muito bom, as pessoas gostam.
  7. Busque apoio – Hoje em dia é muito comum haver grupos de um mesmo tema, procure algum que ofereça apoio a pessoas que têm dificuldade em falar em público, presencial ou virtual (Facebook ou WhatsApp, por exemplo).

Se você prestar atenção, todas as dicas que dou acima precisam ter um autocontrole grande e para isso acontecer o autoconhecimento é fundamental.

Outra dica que dou é começar devagar, apresente-se para pequenas plateias e logo dominará as maiores.

Além das dicas que escrevo neste artigo eu também preparei um e-book que ensina 5 passos para uma comunicação eficaz totalmente baseado nos meus mais de trinta anos de experiência lidando diretamente com audiências através de aulas, palestras, seminários, workshops e treinamentos.

Então clica neste link aqui http://bit.ly/apresentaçãocincodicas e faça já o download do e-book “Aperfeiçoe sua apresentação em 5 dicas”. É GRÁTIS!

Sucesso sempre!

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *