Quando você sabe que alcançou resultado em algo na sua vida? Qual sua percepção para compreender que tal acontecimento tenha sido o que você realmente esperava? E quando o resultado não foi o que você esperava como você age e reage?

Uma das coisas que muita gente peca ao estabelecer um objetivo em algum aspecto da sua vida é a manutenção, o parar periódico para medir o que realmente está dando certo e o que não está. A falta disso faz com que em algum momento você se perca dentro do propósito que você estabeleceu.

Eu tenho conversado com muitas pessoas sobre o assunto que venho tratando nos últimos três meses e o que elas têm me relatado é que as grandes dificuldades delas quando se trata de finanças pessoais são primeiramente o planejamento e em seguida a manutenção do mesmo. O planejamento por não terem disciplina e a manutenção por entrarem em uma zona de conforto e acharem que já fizeram o suficiente para levar suas finanças de maneira tranquila.

Mas por que as pessoas então têm tantas dificuldades nestes dois aspectos: planejamento e manutenção? Planejamento porque requer mudar seus conceitos e abrir-se para o novo, para o que você ainda não tentou e manutenção para ter a noção de que você está levando seu planejamento de maneira correta ou se é preciso fazer algumas mudanças estratégicas.

Quando eu comecei a trabalhar com o desenvolvimento humano eu percebia que minhas metas não chegavam ao final como eu gostaria e eu não entendia a razão disso. Certo dia um amigo meu que trabalha com palestras e treinamentos voltados para a gestão de pessoas me relatou que traçar uma meta sem manutenção vai fazer com que em algum momento você a perca, o externo vai tomando conta das suas prioridades, que passam a não serem mais prioridades, e você vai se deixando levar. Eu comecei então a prestar mais atenção na manutenção e percebi que eu poderia dividir a meta em submetas para que eu pudesse até poder ter uma melhor visão das partes e do todo na manutenção. Incrível como deu certo, eu pude perceber com isso o que deveria mudar a partir do momento em que fatos externos estavam começando a me atrapalhar.

Para lhe ajudar, eu criei um infográfico com 10 dicas para você poder fazer a manutenção de seu planejamento financeiro, algo que irá lhe auxiliar e muito a chegar ao objetivo que deseja. Os pontos são:

  1. Planeje seu dinheiro;
  2. Anote seus gastos;
  3. Livre-se das tentações;
  4. Compre o que necessita;
  5. Reavalie seus gastos;
  6. Reflita os ganhos e perdas;
  7. Evite focar no que não quer;
  8. Coloque energia no que quer;
  9. Estude o mercado financeiro;
  10. Invista em conhecimento.

Aqui abaixo neste artigo você encontrará este infográfico completo com o detalhamento de cada ação, porém perceba que o primeiro passo é saber o que realmente quer com seu planejamento, onde deseja chegar, pois assim você eliminará logo de cara aquele sentimento de que está poupando dinheiro com intuito zero, ou seja, para nada.


Clique na imagem para salvar

Planejar algo requer muito esforço e disciplina, assim como sua manutenção. Portanto leve este infográfico a sério e você virá como chegará mais perto de seus objetivos.

Eu preparei uma aula online para aprofundar este assunto e também na próxima quinta feira, dia 30/03 eu farei uma live no Facebook para tratar mais deste assunto, te aguardo lá. Um grande abraço!

Para assistir a aula basta clicar nesse link: QUERO ASSISTIR A AULA!

Comments are closed.