Você já deve ter lido um poema muito famoso do grande poeta Carlos Drummond de Andrade intitulado “No meio do Caminho”. Muita gente não sabe, mas Drummond retrata com maestria a rotina na vida do ser humano, a figura da pedra mostra que sempre haverá uma pedra no meio do caminho, se assim permitirmos. Além da rotina, a pedra também simboliza que percalços, espinhos, problemas acontecem todo o tempo, porém ela não irá sair de lá sozinha.

A pedra pode ter diversas formas: no olhar de um pessimista é um problema; sob a ótica do otimista é a solução; de um empreendedor é a transformação. Como é que você vê sua pedra? E vendo desta maneira quais os resultados você tem obtido?

Se você está confuso sobre qual ótica você vê sua pedra, então você ainda não se conhece o suficiente e a razão de muita gente estar perdida tanto no âmbito pessoal como profissional é negligenciar seus potenciais e não acreditar em si a ponto de colocar em prática seus talentos.

É incrível como o auto abandono aliado às influências externas são causadores de tanta frustração. Você mesmo que está lendo este artigo deve conhecer pessoas altamente talentosas que se diminuem perante dificuldades, desistem por serem imediatistas, que só veem pedras em forma de problemas no meio do caminho.

Se você pudesse se ver neste momento sem as pedras no caminho, como você se sentiria? Provavelmente mais tranquilo e feliz, não é mesmo?  O fato é que sempre haverá percalços na sua vida e eles podem lhe atrapalhar ou servirem como lição e aprendizado se você os trouxer para seu lado.

Talvez você esteja se perguntando como fazer para eliminar ou pelo menos minimizar as pedras que tanto lhe afastam de seus objetivos, então eu lhe convido neste momento a abrir sua mente e coração e mergulhar em uma profunda autorreflexão.

* Seu ponto de partida é o futuro, é nele que você colocará todos seus esforços, pois através dele você poderá iniciar sua jornada;

* Você já sabe aonde quer chegar, chegou a hora da caminhada. Inicie fazendo um diagnóstico baseado em seus pontos fortes e a melhorar. Foque no que você quer e esqueça o que não quer, afinal de contas não faz sentido focar em algo que não irá agregar nada na sua vida;

* Busque meios diferentes de alcançar o que deseja. Evite ter apenas um caminho, abra seu leque de opções, desta maneira você poderá chegar ao mesmo lugar através de meios diferentes;

* As pedras começarão a aparecer, mas lembre-se de que o foco é no que quer então se aparecerem problemas procure a solução ao invés de potencializar o que não lhe serve;

* Esteja seguro do que quer. Sempre que estiver na caminhada rumo a algum objetivo se pergunte se aquele esforço que está fazendo vai valer a pena, evite deixar para pensar no final da linha se era aquilo que você queria ou não;

* Comemore!

O poema de Drummond é uma lição de vida, as pedras muitas vezes são necessárias para nos tirar da zona de conforto, porém mais necessário ainda é saber eliminá-las de sua vida até porque elas crescem com o passar dos anos e pode chegar um momento que você não encontre mais forças para movê-las.

Portanto, não deixe que as pedras se transformem em rochas. Acredite que você tem potencial para tirá-las de sua frente, seja sozinho ou com a ajuda de alguém, porém não deixe de seguir em frente, do contrário elas estarão sempre no meio do caminho. Pense nisso!

Sucesso a todos!
Deixe seu comentário, dessa forma posso tirar suas duvidas e saber sua opinião.

Comments are closed.