Você já decidiu alguma vez na que iria fazer algo que provavelmente mudaria sua vida de alguma maneira? Pensou, analisou e no final das contas nada aconteceu do jeito como você gostaria? Talvez isso tenha acontecido com você até mais do que uma vez, certo? E como você se sentiu? Você já parou para pensar qual a razão ou as razões de não ter acontecido como o combinado?

Todos os dias amanhecemos com uma perspectiva de que a vida precisa ser melhor mesmo quando está indo tudo bem, é uma necessidade do ser humano de querer sempre ser o melhor profissional, o melhor marido ou esposa, filho ou filha, ter o melhor carro, a melhor casa ou as melhores roupas. Todavia o que queremos são apenas desejos que muitas vezes não se materializam por não sairmos do papel, da teoria.

Além disso, saímos como os maiores prejudicados quando decidimos fazer algo e não chegamos ao final, fica um sentimento de impotência muito grande e acabamos perdendo as forças momentaneamente para tentarmos novamente o mesmo objetivo ou partir para um desafio diferente.

Mas qual a razão de não colocarmos em prática o que desejamos, já que o ser humano anseia tanto por mudança para melhor? Eu acredito que há 5 razões básicas para que as pessoas não levem adiante seus sonhos são:

  1. Dá trabalho. Sair da zona de conforto e almejar algo a mais é um movimento que requer muito esforço de quem se propõe a querer algo diferente na vida e nem toda vez as pessoas estão dispostas a pagar o preço;
  2. Sentimento de incapacidade. Muitas pessoas não seguem adiante em suas metas porque não acreditam em si, estão cheias de crenças limitantes que a bloqueiam constantemente;
  3. Falta de foco. Quando você não tem algo bem definido no seu coração qualquer ruído externo vai desviar sua atenção.
  4. Não querer mudar. A zona de conforto funciona aqui como um imã segurando as pessoas para não saírem do lugar, contudo a grande verdade é que elas não querem mudança.
  5. Desorganização. Planejamento não combina com desorganização, se você quer ter êxito em suas metas organize-se primeiro.

Uma das ferramentas mais usadas em uma sessão de Coaching é a roda da vida, com ela você pode pontuar vários aspectos da sua vida de 0 a 10 para poder perceber onde você precisa melhorar, se quiser é claro.

Em um determinado momento da minha vida eu apliquei a roda da vida em mim mesmo e percebi que minha vida espiritual precisava ser regenerada, pois a nota tinha sido 2. Aquilo me incomodou muito porque em outros aspectos como profissão, por exemplo, estava muito bem, porém o lado espiritual estava deixando a desejar.

A primeira decisão que tomei foi restaurar minha vida com Deus através de uma aproximação mais intensa. Eu tracei um planejamento aliado a uma dificuldade muito grande que estava passando no momento e hoje posso dizer que estou muito mais perto de Deus e me sinto muito feliz por isso.

banner-do-site amandio junior ebook construindo resultados

Depois de ter feito a roda da vida, refleti sobre todos os aspectos que estavam abaixo de 5. O próximo passo foi ranqueá-los em ordem de prioridade e urgência. O passo seguinte foi saber se o aspecto vencedor no ranking era realmente relevante para que eu começasse primeiramente por ele.

Após ter a certeza na mente e principalmente no coração que aquele aspecto precisava ser trabalhado por primeiro, até para ter um bom andamento nos demais, partir para o planejamento de um passo por vez ficou mais tranquilo, pois eu já sabia exatamente o que eu queria.

Eu acredito que o maior motivador para o estabelecimento de metas é ter a certeza de que a mesma bate forte no seu coração e tem muita relevância para você. Quando você tem a certeza disso poso lhe garantir que quase 50% de sua meta tem uma probabilidade muito grande de ser atingida, os outros 50% virão da força de seu planejamento e de sua determinação.

Assista a uma aula online que eu gravei para aprofundar mais este assunto. Clique no link e aproveite. Um grande abraço!

Para assistir a aula basta clicar nesse link: QUERO ASSISTIR A AULA!

Comments are closed.