As armadilhas que podem atrapalhar a liderança

As armadilhas que podem atrapalhar a liderança
Quem nunca quis ser líder em algum âmbito da vida que atire a primeira pedra. Desde criança somos levados à tentativa (muitas vezes frustradas) de sermos líderes, de querermos comandar pessoas e grupos para de alguma maneira provar a nós mesmos que temos poder e que podemos estar à frente em qualquer situação ou contexto.

Como o tempo passa para todos, alguns “líderes” se perdem pelo caminho quando percebem que não têm jeito para comandar algo ou alguém, outros se transformam em carrascos acreditando que para liderar é necessário ser carrasco e utilizar um chicote para bater em seus liderados e ainda há aqueles que acreditam que não nasceram com o dom de liderar.

A grande verdade é que de uma maneira ou outra as pessoas que desistiram de serem líderes caíram em armadilhas que as impediram de continuar, de trilhar o belo caminho de poder fazer a diferença na vida de outras pessoas. Abaixo estabeleço 7 armadilhas chamadas também de barreiras:

  1. Confundir autoridade com autoritarismo. Muitas pessoas acreditam que para liderar é necessário exercer autoritarismo, ou seja, usar de coerção para levar o outro a algum lugar. As pessoas que pensam desta maneira aos poucos vão sendo afastadas, pois ninguém consegue interagir com alguém que seja grossa e autoritária;
  1. Falta de humildade e controle emocional. É muito comum alguém ser promovido nas empresas. Um vendedor, por exemplo, que durante alguns anos exerceu bem seu papel é promovido a gerente e a partir dai passa ter uma postura arrogante, olhando seus colegas de cima para baixo com ar de superioridade.
  1. Ser o “dono da verdade”. Algumas pessoas acreditam que ao exercer a liderança suas opiniões sempre prevalecerão sobre as dos outros, ledo engano. O líder de verdade tem humildade de reconhecer quando não está com a razão.
  1. Não saber ouvir. Uma das grandes virtudes de em líder é saber ouvir. O líder para poder levar seus liderados a um patamar desejado precisa atender as necessidades dos mesmos e para isso precisa ouvi-los.
  1. Gostar de dar feedback, mas não saber receber. O líder que é chefe acredita que ele pode dar feedback, todavia não abre o coração para receber. O resultado disso é a manutenção de uma equipe que não interage com o mesmo, pois sempre será boicotada pelo mesmo.
  1. Não confiar nas pessoas. Há pessoas que vestem uma capa de liderança, porém vestem outra da desconfiança. Eu lido muito com gestores que não confiam em seus funcionários, acham que eles estão na empresa somente para passar a perna nele. É impossível construir um relacionamento sólido baseado em desconfiança.

bannerleadercoaching-1

  1. Não gostar de multiplicar. Há pessoas que não admitem repassar o que sabem para seus subordinados, eles acham que esta atitude vai fortalecer as pessoas a ponto de quererem mandar mais que ele. Pessoas que agem desta maneira acreditam que ele é o senhor de toda a verdade e sabedoria, muito triste este comportamento.

Como eu disse no inicio, é muito comum querer exercer liderança em algum momento da vida, porém se você se perdeu no meio do caminho, faça uma reflexão sobre as armadilhas citadas acima e veja se comete ou já cometeu algum deles.

No meu artigo anterior eu enfatizo que liderança é uma habilidade, portanto as armadilhas citadas acima são nada mais nada menos que hábitos que podemos alimentar e que criam bloqueios rumo a uma liderança eficaz. Pense nisso!

Sucesso a todos!
Deixe seu comentário, dessa forma posso tirar suas duvidas e saber sua opinião.